quarta-feira, 30 de março de 2011

Projeto Ubatubino na escola municipal Tancredo Neves

O projeto Ubatubino é uma pequena parte de uma grande história que merece ser contada.

Um dia, monitorando as atividades do GES, nosso sistema de gestão detectei uma solicitação de proposta da prefeitura municipal de Ubatuba, de um curso Introdução a Eletrônica de um professor que estava tendo o primeiro contato com a Globalcode.

Recebemos o aceite da proposta e o curso foi ministrado algumas semanas depois pelo instrutor José Luiz. Ficamos sabendo um pouco mais sobre o projeto de construção de um Satélite na escola. Neste projeto seria necessário criar, soldar e programar as placas do satélite.

O Vinicius, no auge da sua empolgação com a criação de placas caseiras (com o sucesso da placa Program-me e da Placa Tomada), ofereceu um segundo curso gratuitamente para ensiná-los a criar placas manualmente e apresentar o Arduino.

Para este curso era necessário criar uma placa, mas qual placa?
Criar 20 placas inúteis não parecia uma solução, criar placas tomada talvez...

Foi então que o Vinicius teve a ideia de criar uma simplificação do Arduino, uma placa de baixo custo e baixa complexidade que os professores e crianças pudessem usar depois para outros projetos, valorizando ainda mais o investimento em peças e o conhecimento adquirido.

Foi assim que nasceu o Ubatubino.

Depois dos cursos, o Vinicius ajudou-os a montar um laboratório na escola, ajudando a desvendar os "segredos da Santa Efigênia", bem como ofereceu suporte quando os professores, criaram as placas, e acreditem: ensinaram várias turmas de quinto ano, isto mesmo... quase 120 alunos a imprimir, correr, corrigir, furar, soldar as placas Ubatubino!

Veja as imagens na matéria realizada sobre o Projeto maior da escola, a construção de um Satélite!


Este projeto tem tido uma excelente repercussão na mídia, principalmente depois do apoio recebido do meu avô Sérgio Mascarenhas, que abriu diversas portas com a publicação da história no Blog do Chico (que tem a história muito interessante dos primeiros passos do Professor Candido) , depois a publicação na Revista Fapesp, originando tantas solicitações da imprensa.

Desta forma agradeço imensamente ao meu avô Sérgio Mascarenhas e também ao Vinicius Senger que vem dedicando dezenas de horas voluntariamente a este projeto, e claro, a toda equipe de professores da Escola Municipal Tancredo Neves, em Ubatuba.

Quais os próximos passos com o Projeto Ubatubino ?
A criação de um robô voador com balões de hélio! Veja o vídeo do protótipo:



O céu não é mais o limite!

[]s
Yara Senger
http://twitter.com/yarasenger

3 comentários:

  1. Yara,

    tem ainda a divulgação pelo boletim da Agência FAPESP :-).

    http://www.agencia.fapesp.br/materia/13307/especiais/da-sala-de-aula-para-o-espaco.htm

    Parabéns ao Vinicius e a você também por essa iniciativa extraordinária!

    ResponderExcluir
  2. Puxa... parabéns mesmo pela iniciativa! Digna de ser copiada por muitos empresários!

    ResponderExcluir
  3. Em menos de 1 minuto você estará assistindo TV de graça www.tvhd.com.br

    ResponderExcluir