segunda-feira, 22 de outubro de 2007

A energia quântica de um olhar...

As partículas microscópicas exibem propriedades que, no começo do século XX, motivaram o surgimento da mecânica quântica.

Quando uma das alternativas desencadear a liberação de energia superior a um gráviton, apenas uma alternativa sobrevive enquanto que as outras alternativas desaparecem.

A determinação da alternativa que sobreviverá é probabilística sendo que a probabilidade de sobrevivência de cada alternativa é o módulo quadrado de sua amplitude de probabilidade.

Durante a propagação de sinais visuais, os nervos óticos do sistema nervoso humano liberam energias muito superiores a um gráviton. Sendo assim, a percepção humana de um evento destruirá a superposição de alternativas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário